SPBRAS.com
Bigceu.com
BBfofo.com
Spyay.com
Topbem.com

O Assunto #841: Bolsonaro fora do castelo – ou quase

1 semana agora 94

Depois de 19 dias recluso no Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro (PL) voltou a dar expediente no Planalto – mas apenas por 5 horas e em regime de silêncio público. Em paralelo à clausura do presidente, o movimento golpista ganhou corpo. Natuza Nery conversa com Jussara Soares, repórter do jornal O Globo de Brasília, e Thomas Traumann, jornalista e pesquisador da FGV. Você pode ouvir O Assunto no g1, no GloboPlay, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Deezer, na Amazon Music, no Hello You ou na sua plataforma de áudio preferida. Assine ou siga O Assunto, para ser avisado sempre que tiver novo episódio. Depois de 19 dias recluso no Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro (PL) voltou a dar expediente no Planalto – mas apenas por 5 horas e em regime de silêncio público. Em paralelo à clausura do presidente, o movimento golpista ganhou corpo: os comandantes das Forças Armadas publicaram notas ambíguas e o PL formalizou ao TSE o pedido para anular os votos de 60% das urnas eletrônicas no 2º turno, o que daria a reeleição a Bolsonaro – pedido prontamente indeferido pelo ministro Alexandre de Moraes. Soma-se a isso a onda de milhares de militantes golpistas bloqueando rodovias e pedindo intervenção militar em frente aos quartéis do Exército. Natuza Nery conversa com Jussara Soares, repórter do jornal O Globo de Brasília, e Thomas Traumann, jornalista e pesquisador da FGV. Neste episódio: Jussara relata o clima de “fim de governo elevado à máxima potência” em torno do presidente. E como foram os melancólicos dias de Bolsonaro recluso no Alvorada; Como o presidente incentiva e cobra aliados a contestarem os resultados das urnas e a manterem o tom golpista. “Não dá pra dissociar Bolsonaro do pedido do PL", diz Jussara; Traumann analisa as ações tanto do PL quanto dos comandantes militares para "conduzir Bolsonaro pra uma ação", e assuma seu lugar como líder da oposição; Ele identifica os papéis que atores políticos como Valdemar da Costa Neto (presidente do PL) e Braga Netto (candidato a vice-presidente) assumiram no vácuo de Bolsonaro. E explica como a manutenção do caos é estratégia para deslegitimar o governo eleito. “Eles precisam ter algo para se agarrar em janeiro, quando deixarem a Presidência”, afirma. O que você precisa saber: Bolsonaro: volta ao Planalto depois de 19 dias de reclusão Expediente: Bolsonaro trabalha no Palácio do Planalto por 5 h 'Mundo paralelo': silêncio de Bolsonaro surpreende até aliados PL: apresenta relatório e pede invalidação de votos no 2º turno Moraes: aponta 'má-fé' no pedido e multa PL em R$ 22 mi O podcast O Assunto é produzido por: Mônica Mariotti, Isabel Seta, Tiago Aguiar, Lorena Lara, Gabriel de Campos, Luiz Felipe Silva, Thiago Kaczuroski, Eto Osclighter e Nayara Fernandes. Apresentação: Natuza Nery. Natuza Nery, apresentadora do podcast O Assunto g1
Leia todo o artigo
contato (11) 93001-6266