SPBRAS.com
Bigceu.com
BBfofo.com
Spyay.com
Topbem.com

Ibovespa fecha semestre em queda: veja ações com maiores baixas e as que ainda acumulam alta

1 mês agora 15

Nesta quinta-feira, o principal índice de ações da bolsa caiu 1,08% e fechou a 98.542 pontos. Das mais de 90 ações do Ibovespa, 55 registram perdas em 2022. Painel da B3, antiga Bovespa, mostra cotações dos papeis negociados na bolsa Paulo Whitaker/Reuters Com a queda no pregão desta quinta-feira (30), o Ibovespa acumula perdas no ano. Das 91 ações do principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, 55 registram baixa no acumulado no ano, segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica. O índice caiu 1,08%, a 98.542 pontos. Com o resultado, junho teve a pior queda mensal (11,5%) desde março de 2020, quando a pandemia começou. No ano, a perda é 5,99%. O pregão foi novamente contaminado pelo mau humor dos mercados no exterior, em meio aos temores de recessão global, e com os agentes financeiros monitorando o andamento da PEC dos Combustíveis em Brasília. Nos Estados Unidos, as bolsas amargaram perdas entre 15% e 30% no semestre. o Veja abaixo as maiores quedas e as maiores altas do Ibovespa no ano: Cielo: 65,76% Eletrobras: 47,05% Eletrobras: 40,87% Hypera: 36,74% BBSeguridade: 30,06% Minerva: 28,47% CPFL Energia: 26,43% Brasil: 22,21% Petrobras: 19,58% Petrobras: 19,29% Multiplan: 18,56% Copel: 15,93% SLC Agricola: 12,98% Taesa: 11,97% Engie Brasil: 11,41% Assai: 11,00% Carrefour BR: 10,25% Cemig: 10,03% CCR SA: 8,80% ItauUnibanco: 8,73% Energias BR: 8,12% JHSF Part: 7,61% Sabesp: 7,13% Btgp Banco: 7,08% Bradespar: 6,75% Petrorio: 6,39% 3r Petroleum: 4,77% Eneva: 4,38% Equatorial: 3,60% Locamerica: 2,55% Vale 1,98% B3: 1,22% Iguatemi SA: 1,20% Telef Brasil: 0,58% Bradesco: 0,08% Santander BR: 0,07% Localiza: -0,36% Bradesco: -0,56% Tim: -1,52% Itausa: -4,07% Energisa: -4,32% Fleury -5,43 Lojas Renner -6,23 BR Malls Par -8,99 Rumo S.A.: -9,98% Ultrapar: -11,65% Cogna ON: -13,01% Ambev S/A: -13,10% Gerdau Met: -13,21% Cosan: -14,17% JBS: -14,40% Suzano S.A.: -15,38% Gerdau: -15,74% Totvs: -18,78% Klabin S/A: -19,00% Weg: -19,02% Sul America: -19,61% RaiaDrogasil: -20,86% Vibra: -21,49% Ecorodovias: -22,13% Cyrela Realt: -22,15% P.Acucar-Cbd: -23,54% Eztec: -27,08% Grupo Soma: -27,18% Qualicorp: -32,69% Braskem: -32,78% MRV: -33,29% Dexco: -34,02% Rede D Or: -35,23% Sid Nacional: -35,64% Yduqs Part: -35,95% Csn Mineracao: -37,18% Petz : -39,27% BRF SA: -39,65% Usiminas: -39,86% Banco Pan: -42,61% Marfrig: -43,52% Gol: -46,74% Positivo Tec: -46,76% Grupo Natura: -46,90% Hapvida: -47,30% Cvc Brasil: -47,99% Alpargatas: -48,07% Azul: -49,18% Irbbrasil Re: -49,50% Embraer: -53,91% Americanas: -56,40% Locaweb: -57,29% Via: -63,43% Meliuz: -66,67% Magaz Luiza: -67,59% Entenda o que está em jogo na PEC dos Combustíveis
Leia todo o artigo
contato (11) 93001-6266